WEC – Para Rusinov a G-Drive é uma das favoritas

O piloto e dono da G-Drive, Roman Rusinov deu a conhecer alguns pormenores para a mudança de parceiros técnicos da sua equipa, numa entrevista ao site motorsport.com.

A parceria G-Drive/TDS Racing, veio substituir a aliança firmada no ano passado com a Jota Sport. Para Rusinov a mudança apenas tem haver com os gastos, ou neste caso, com a poupança de orçamento, por exemplo em testes. “Nós escolhemos o parceiro técnico dependendo do ano. Temos que ter em conta certos factores: o orçamento, a equipa e onde esta está localizada. Se estivermos localizados, por exemplo, em Inglaterra e temos que testar no Inverno – e temos muito que testar – é uma viagem de exactamente 2000Km. Por isso, os custos sobem. E se estivermos no sul de França, então Paul Ricard é quase ao lado – os mecânicos nem precisam de hotel.”

Para além da mudança de parceiro técnico, a D-Drive, no entender do seu dono, deve ser considerada uma das favoritas ao título nos LMP2, já que David Leach, o técnico responsável pelo trabalho da equipa russa, foi uma das pessoas que ajudou a Oreca no desenvolvimento do novo Oreca 07, logo a equipa tem um Know-How que outras equipas não têm acerca do novo modelo deste ano.

Leach esteve presente nas 24h de Daytona, ajudando a Rebellion com o seu carro, partindo em vantagem em relação a outros técnicos das equipas do WEC, isto no entender de Rusinov.

O russo afirmou também, que o anuncio do terceiro piloto da equipa acontecerá em breve.

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.