Rafael Lobato: “ainda não sei em que equipa, com que carro e com quem vou dividir o carro”

Alguns dias depois da apresentação do filme dos 10 anos de carreira de Rafael Lobato, lançamos o repto ao piloto para nos responder a algumas perguntas. Centramos as nossas dúvidas no que representou a época de 2016 para o piloto, como ele enfrentou a mudança do formato do campeonato e o que podemos esperar para 2017.

 

Qual o balanço que fazes da época 2016?

Faço um balanço positivo, terminar no 3ª lugar no Campeonato para a minha estreia com carros de Turismo é positivo. Óbvio que houve altos e baixos, com alguns azares pelo meio… mas de uma maneira geral, foi um ano positivo

Achas que o campeonato ficou a ganhar com este novo formato dos Turismos?

Foi uma mudança radical, mas pelo menos o número de pilotos aumentou em 2016 e está previsto aumentar em 2017… Por isso, apesar de os custos terem subido, acho que o campeonato ficou a ganhar por estarmos a correr num tipo de carros que permite luta directa em pista, algum contacto mais forte e que também permite ir correr lá fora, porque os TCR estão a ser adoptados em vários países.

 

Ao nível do prazer de condução, os turismos conseguem proporcionar isso ou para quem vem dos sport protótipos é uma diferença muito grande?

O prazer de condução nos protótipos é algo que não consigo explicar… O carro pede sempre mais e mais, e tu tens de conduzir no teu limite ou até acima dele, para conseguires ser rápido. E nos Turismos isso já não acontece, são carros mais pesados com menos aerodinâmica, e tu conduzes no limite… São fáceis de guiar e rapidamente atinges o limite do carro, mas tens a vantagem de em corrida estares sempre com adversários por perto e tens de saber gerir os pneus, para conseguires ser rápido do início ao fim da corrida.

 

Qual foi a tua melhor prova do ano?

Essa é facil, VILA REAL! Foi mais uma vez, um fim de semana perfeito para mim! Pole-Position e vitória na minha corrida, é sem duvida o momento mais alto do campeonato. Com a melhor versão do Circuito de Vila Real a ser a de 2016, sentia que cada volta dava ainda mais gozo tinha… e quando acabei a corrida, senti logo saudades de voltar a correr!

foto: Nuno Organista

Achas que junção do TCR Portugal com o TCR Espanha pode ser benéfico para os pilotos portugueses?

Sim, considero positivo para todos os lados. Os pilotos podem correr em mais circuitos, participar em 2 ou 3 campeonatos e divulgar os patrocinadores em Espanha. Tem obviamente os custos mais elevados, mas tendo em conta os benefícios que nos trazem, acho benéfico esta junção.

 

Quais são os teus planos para 2017? Há já alguma coisa confirmada?

Para 2017 ainda estamos a trabalhar no duro… Ainda não temos nada em concreto, temos o objectivo de fazer o campeonato português e o Ibérico de TCR… mas ainda estamos a espera de resposta por parte dos patrocinadores, para saber se reunimos o orçamento necessário para participar no mesmo. Resumindo… ainda não sei em que equipa, com que carro e com quem vou dividir o carro, isto tudo, a menos de 2 meses da primeira corrida.

 

foto: Ricardo Fontelas/Chicane Motores

Para quando o salto internacional? Há algo planeado para breve?

O salto é algo bastante dificil… é preciso ter algo definido lá fora, e saber que me consigo manter lá fora. Estou a tentar que seja, já para 2018… mas não posso prometer nada. Há muito tipo de carros e de campeonatos que gosto, mas os preços são ainda mais elevados do que os nacionais.

Colocamos abaixo o filme produzido por Antti Kalhola, para comemorar os 10 anos de corridas do Rafael.

Chicane Motores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.