ERC – Bruno Magalhães vence Rali dos Açores

Um regresso em grande! Bruno Magalhães venceu o Rali dos Açores e mostrou novamente toda a sua qualidade. Foi um rali intenso e cheio de reviravoltas mas no final foi o português que sorriu.

 

Depois de no dia de ontem termos visto Kajetanowicz perder a liderança da prova para Lukyanuk, hoje foi o último a entregar de bandeja a vitória para as cores lusas. Lukyanuk venceu a primeira especial do dia mas na PE um problema com um braço de suspensão atirou por terra as hipóteses de vencer do russo e assim foi Bruno Magalhães que ficou como líder da prova.

 

A luta entre Magalhães e Moura começou a entusiasmar o público embora as condições atmosféricas fossem difíceis para os pilotos com muito nevoeiro. Magalhães tinha pneus novos para a secção da tarde, e na parte da manhã usava pneus já rodados o que o fazia perder algum tempo mas Moura também teve problemas nos troços e não conseguia encurtar distâncias para Magalhães… apenas 9 segundos separava os dois pilotos.

foto via apaoxonados por rally

Na PE14 deu-se então o golpe final na prova. Ricardo Moura ficou parado no meio do troço com problemas no motor e assim a vitória estava entregue a Magalhães que tinha uma vantagem de 40 segundos para  Marijan Griebel, vantagem essa que tratou de alargar na PE15 que venceu, ficando com 1 minuto para gerir a ultima especial do dia.

andré couto via rallymania

Era um rali muito complicado para os pilotos com muitas queixas por causa do nevoeiro e da lama mas Magalhães tinha tudo para vencer a prova. Marijan Griebel estava radiante só por estar no pódio, ele que venceu na categoria Júnior e assim Magalhães teve via aberta para vencer a prova com mais de 1 minuto e meio de vantagem.  Josh Moffett fechou o pódio levando um Fiesta R5 ao top 3, numa prova onde o domínio da Skoda foi bem visível.

 

Pedro Meireles foi o 2º melhor colocado luso, em 5º lugar, seguido de João Barros e Carlos Vieira que conseguiu ultrapassar  Luís Rego na tabela.

Última especial e geral final:

 

 

 

 

Bruno Magalhães

“Os testes que efetuámos foram importantes para a adaptação mas não era suficientes para ganhar o ritmo exigido numa prova com a exigência destas. Entrei na prova com ambições mas não sabia onde nos situávamos. No final do primeiro dia, fiquei surpreendido com o quinto lugar da geral. Não estava à espera de estar logo desde o primeiro troço nos lugares da frente disputando posições com referências do Europeu de Ralis. Foi muito bom e isso levou-nos a acreditar que seria possível chegar a um lugar do pódio no final da prova. No final do segundo dia, e dadas as circunstâncias em que aqui cheguei, conhecendo mal o carro e depois de longos meses afastado da competição, o desfecho era melhor do que eu poderia, sequer, imaginar. Fiquei de imediato com a sensação que estava a fazer o melhor rali de sempre e essa foi uma satisfação enorme. Estava com total confiança no carro e na equipa. Em todas as assistências fizemos novos ajustes e o carro ficou sempre bom. Não tivemos problemas nenhuns e isso foi uma ajuda enorme”

 

Fonte: autosport.pt; fiaerc.com

 

Fábio Mendes

Um pensamento sobre “ERC – Bruno Magalhães vence Rali dos Açores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.