CNVT – Rafael Lobato e Patrick Cunha na Veloso com o Audi RS3 LMS

Mais uma dupla fantástica no CNVT 2017! O jovem Rafael Lobato e o regressado Patrick Cunha serão os pilotos com o cargo de comandar a nova máquina do TCR Portugal e Ibérico, o Audi RS3 LMS da Veloso Motorsport.

Enquanto que para Lobato é um cimentar da excelente estreia nos Turismos que teve em 2016, na altura com o Seat Leon TCR da Speedy, para Patrick Cunha é o regresso às corridas nacionais. Cunha é um dos mais experientes pilotos nacionais, com passado nos Turismos e nos GT’s.

Cunha notabilizou-se principalmente nos GT’s, em especial no FIA GT Series e no Campeonato de Portugal de GT. Junto com a Veloso Motorsport estreou o famoso Lamborghini Gallardo FL2 GT3 da estrutura portuguesa na Rampa da Falperra, logo com uma vitória.

Também na estrutura da Veloso Motorsport, participou no PTCC aos comandos de um SEAT León Supercopa. Campeão Nacional em 2003, ao volante de um Toyota Celica T-Sport da Veloso Motorsport, Patrick Cunha regressou às competições nacionais em 2008, depois de ter participado em Espanha no Supercopa SEAT León.

“Estou muito feliz por poder regressar às provas nacionais e aos Turismos. Depois de muitas épocas nos GT, este novo projecto vai exigir uma readaptação da minha parte a este tipo de carros, mas estou confiante que tudo vai correr bem e que poderemos ser competitivos de forma a lutar pelo título. Vou ter um parceiro de grande qualidade e que apesar da sua juventude já deu provas de ser muito rápido.“, explicou Patrick Cunha.

 

Rafael Lobato é um dos jovens valores nacionais já com provas dadas na velocidade. Terminou em 3º no seu primeiro ano num carro de Turismo, aos comandos do Seat Leon TCR da Speedy. Em 2015, dividindo o volante do Norma com o “patrão” da equipa nortenha, Pedro Salvador, Lobato terminou em 2º no CNV, lutando até à última prova pelo campeonato.

“Nascido” nos kartings, Rafael Lobato participou ainda no ralicross antes de chegar à velocidade, onde deu nas vistas. Em 2016 teve um convite para participar numa prova do ELMS, mas questões orçamentais detiveram-no. Quer dar o salto internacional e o TCR Ibérico pode ajudá-lo, assim como a experiência do seu colega de equipa de 2017.

“Foi com muita satisfação que vi confirmar-se este projecto com o Patrick, numa aposta que tem por objectivo lutar pelo título nas duas competições. Esperamos criar uma boa dupla, aliando a grande experiência competitiva dele, ao que eu aprendi neste último ano nos turismos, para potenciar as nossas hipóteses de vencer. Estou com muita vontade que chegue a primeira prova, já que é aí que vamos ver como nos situamos em relação à concorrência.” – adiantou Rafael Lobato

Veremos como se comporta o mais recente carro do nacional e a química entre pilotos e carro.

 

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.