CNVT/TCR Ibérico: Edgar Florindo promete muito trabalho na sua estreia

Edgar Florindo é o novo nome no CNVT/ TCR Ibérico. O piloto de Vila Real vinha militando nos Legends mas a sua estrutura e a sua valia pediam outros voos, algo que sempre esteve na sua mente. Numa entrevista em 2015, pudemos ficar a conhecer melhor o piloto, numa fase em que estabelecia as bases para o seu projecto nos Legends com o Toyota Carina E. Foi aí que nos contou um pouco da sua história e dos seu planos (uma entrevista que vale a pena ler se quiser conhecer melhor o piloto). Desde dessa altura que ficamos com a sensação que a sua vontade era de experimentar outras classes.

No entanto, foi com alguma surpresa que vimos o piloto dar esse passo em frente em 2017, pois esperávamos mais um ano de consolidação nos Legends. Mas a sorte protege os audazes e Florindo irá agora mostrar as suas capacidades com os melhores.

Conseguimos recolher algumas impressões do piloto antes da partida para o Estoril, onde se irá estrear ao volante do Leon da Speedy Motorsport.

 

O que o levou a dar o passo para os TCR?

Não estava nos meus planos dar já o salto para o CNV. Era um horizonte que tinha mas imaginava fazê-lo apenas em 2018. O que me levou a tomar a decisão já, foi um convite do Pedro Salvador para andar no Seat em Braga. Ele achou que eu poderia reunir as aptidões necessárias para ser bem sucedido neste tipo de viaturas, e o teste correu bem… a partir daí comecei a trabalhar para tentar viabilizar um projecto!

 

Que sensações teve quando pilotou pela primeira vez o Leon? É uma máquina muito diferente? Adaptou-se bem?

A adaptação ao carro foi boa, é um tração dianteira como estou já habituado a conduzir e isso acabou por me facilitar no primeiro impacto com o carro! Naturalmente as diferenças são muitas, inclusivamente a forma de conduzir.

 

Que objectivos tem para 2017? Encara este ano como aprendizagem ou quer já apresentar resultados?

Encaro todos os anos como aprendizagem, este ainda mais, é tudo novo para mim, a começar pelo carro, a equipa, os pilotos não os conheço, alguns circuitos também não. Tenho muito trabalho pela frente, é a única coisa que posso prometer, trabalhar! Resultados, vamos esperar para ver!

 

O que espera da parceria com o seu colega de equipa Nuno Batista? Já falou com ele?

Claro que sim, temos falado muitas vezes! Devo dizer que para mim é uma honra ter oportunidade de fazer equipa com um piloto como o Nuno Batista. Espero que seja uma parceria de sucesso. 

 

Há planos para mais surpresas este ano? O promotor do WTCC/ETCC disse que poderia haver mais que um piloto português na grelha de partida. Será que o Edgar é um desses nomes?

Uma coisa de cada vez, o meu foco é o TCR, sinceramente neste momento não tenho planos de competir numa outra competição.

 

Uma postura ambiciosa mas ciente da responsabilidade e do desafio que tem pela frente. O piloto vai agora cumprir uma parte do seu sonho que é competir ao mais alto nível… a segunda parte do sonho, a das vitórias virá por certo a seguir.

 

Fábio Mendes

2 pensamentos sobre “CNVT/TCR Ibérico: Edgar Florindo promete muito trabalho na sua estreia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.