BSS – Brands Hatch: dia mau para as cores portuguesas

Uma tarde ingrata para os pilotos portugueses no Blancpain Sprint Series. Álvaro Parente  e Félix da Costa têm poucos motivos para sorrir, depois de uma corrida de qualificação positiva para ambos os pilotos.

Depois de um primeiro stint muito suado por Félix da Costa, em que andou em 5º, caiu para 7º e recuperou até ao 6º lugar, entrou na via das boxes para entregar o carro ao seu colega de equipa. Na saída das boxes, o BMW M6 GT3 embateu com um Mercedes AMG GT que tentava desviar-se de um pneu e chocou contra o BMW. Philipp Eng voltou a embater contra o Mercedes e surgiu na saída da via das boxes com o pneu dianteiro direito furado e com a corrida arruinada para o #99.

Álvaro Parente recebeu o McLaren 650S GT3 em 5º lugar, com Barnicoat a fazer um grande stint, mas a paragem nas boxes não correu bem e o português caiu na tabela ficando fora do top 10. Parente ainda tentou luta e perto do fim chegou ao 10º lugar.

 

Os vencedores foram os pilotos do #63 Lamborghini da GRT Grasser, com Bortolotti e Engelhart  a dominarem por completo e vencerem com grande margem.

 

 

Resultados: http://www.blancpain-gt-series.com/live#live-timing

 

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.