F1 – GP do Mónaco: Antevisão

Chegou a hora de um dos mais esperados GP do ano. O mais mítico e mais histórico GP, uma das corridas mais prestigiadas do mundo. O grande circo começa a 6ª jornada do campeonato do mundo e o Principado do Mónaco é o palco. O traçado mantém-se quase inalterado desde a primeira corrida em 1929. A pista não admite erros. Cada volta tem de roçar a perfeição. Cada erro é pago nas protecções da pista. Não há escapatórias. A concentração tem de ser máxima a cada curva. É o verdadeiro teste aos pilotos. As máquinas quase ficam para segundo plano. Neste traçado é o talento que conta.

A pista de Mónaco viu muitos heróis serem coroados ou penalizados. Os grandes nomes da F1 fizeram-se pelas ruas do bairro de Monte Carlo. Senna deu nas vistas nesta pista. A mesma não lhe perdoou o erro quando bateu na curva “Portier”, perdendo a corrida que liderava com larga margem. Foi nesta pista que o mágico Gilles Villeneuve mostrou todo o seu talento, que o Professor Prost ganhou por quatro vezes, o barão vermelho Schumacher 5 e o Rei Senna 6.

foto: Mercedes

Nomes como Beau Rivage, La Rascasse, Casino fazem-nos vibrar. As sucessivas curvas apertadas com o apogeu no gancho Grand Hotel. O túnel onde o som dos carros a chegar aos 300 faz (ou fazia) arrepiar.

Mónaco é um mundo e uma mística que não se encontra em outras pistas. Se não fosse pela história, de certeza que já teria sido riscada do calendário por motivos de segurança. Mas a F1 sem o Mónaco não faz sentido.

É finalmente chegada a hora de voltar a viver estes momentos.

 

 

Pontos de Interesse:

JB de regresso à F1 – Jenson Button é um dos pilotos mais acarinhados do paddock e provavelmente o último verdadeiro gentleman da F1, pelo menos para já. O britânico anunciou no ano passado que seria uma especie de 3º piloto mas essa teoria foi desmascarada quando a estrutura lhe ligou a perguntar se ele queria correr no Monaco. Um piloto de reserva tem de correr e não é convidado por isso a história do ano passado foi para jogar pelo seguro caso houvesse algum problema com Alonso no final da época também.  A vontade do piloto não passa por correr na F1 e nota-se que está onde quer e já não precisa da F1 para ser feliz. Regressa ao circuito onde já foi feliz mas com uma postura quase desinteressada sem qualquer teste feito no carro. Não é o melhor sitio para estrear-se na nova realidade. Mas a época já está a correr tão mal e era preciso dar “um doce” a Alonso com a Indy500 que a solução encontrada, mesmo que oferecendo poucas garantias de sucesso serve para a equipa. Ron Dennis por esta altura já deve ter tido um colapso.

 

Mercedes vs Ferrari – A Mercedes apresentou em Espanha um carro praticamente novo e conseguiu alguma vantagem, o que terá animado a equipa. Mas a Ferrari com melhorias minimas foi capaz de responder ao andamento da Mercedes, o que significa que a máquina da Scuderia é de facto um adversário temível para o monlugar dos flechas de prata e complica em muito a tarefa de antecipar um vencedor… o que é fantástico. A pista do principado poderá favorecer o chassis mais curto da Scuderia, mas com o decorrer do fim de semana se poderá entender melhor para que lado cairá a vitória.

Red Bull  –  Afinal o optimismo do inicio da época era algo fingido e o cenário não é tão brilhante quanto se esperava. Esta semana tivemos a confirmação por Newey que ele não foi responsável pelo desenho do novo carro e que está agora de regresso a um papel mais activo de forma a acelerar o processo de “requalificação” do RB13. Newey quer afastar-se da F1 a médio prazo mas o trabalho feito e a nova metodologia não surtiu os efeitos desejados e assim o génio teve de voltar de emergência para tentar melhorar as coisas. Além disso, a relação com a Renault começa a azedar de novo com os franceses a culparem a comunicação da Red Bull pelas elevadas expectativas que foram criadas em torno da unidade motriz. Os responsáveis pelos “moinhos” da Renault, Red Bull e Toro Rosso estão cientes que há muito trabalho pela frente para chegar ao nível da Mercedes e Ferrari, mas dizem também que os motores têm tido uma evolução gradual e vieram minimizar a importância do pacote de melhorias que deverá ser introduzido no Canadá. Ou seja, aquela história que a Red Bull iria começar a dar nas vistas a partir do meio da época pode ser apenas isso mesmo… uma história.

 

McLaren  – Mais um pacote de melhorias que será introduzido no carro deste ano… É sem dúvida dos carros que mais upgrades tem sofrido, mas a única parte que precisava mesmo de melhorar é que não avança ao ritmo que responsáveis e fãs queriam. Para já ao nível do chassis a estrutura está a funcionar bem e o nível de correlação entre os dados do túnel de vento e os reais são elevados… ou seja a equipa pode confiar nas partes que traz para pista, que em principio irão funcionar como os engenheiros querem. Quanto à Honda, espera ter o melhor resultado no Mónaco numa pista que não exige muito dos motores. Os trabalhos em volta da fiabilidade continuam e em Espanha viu-se algo mais nesse capitulo.

 

Melhorias nos carros – A Sauber, animada com os primeiros pontos do ano, conquistados por Wehrlein, traz muitas melhorias no chassis, com apendices aerodinâmicos laterais inspirados na Mercedes e um novo fundo plano. A Force India e a Williams continuam em luta acesa, e trouxeram alterações na T Wing, com a Force a ter agora 3 elementos de cada lado e a Williams a mostrar uma nova configuração para as asas inferiores. A Toro Rosso partiu-nos o coração e disse que o carro deste ano é mais fraco em termos de performance que os anteriores, o que se tem visto em pista.

 

Horários:

 

Dados da Pista:

Volta: 3,34 Km

Distância de corrida: 260.52Km

Nº de voltas: 78

Volta mais rápida: 1’15.098 (Lewis Hamilton, 2015, Q3)

Volta mais rápida em corrida: 1’18.063 (Daniel Ricciardo, 2015)

Nível de Downforce: Máximo

Consumo por volta: 1.2 Kg

Pneus:

 

Traçado da pista:

 

Onboard da pista:

 

Recordações do passado:

 

 

 

 

 

 

 

Fábio Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.