CNVT/TCR Ibérico – Mora domina no AIA

Francisco Mora foi o nome em destaque nas corridas deste fim de semana no Algarve. O piloto da Veloso Motorsport venceu as duas corridas e dominou as operações. Francisco Abreu foi o único que mostrou ter um andamento semelhante mas um incidente na corrida dois não permitiu que repetisse a perseguição a Mora.

 

 

Corrida 1

Francisco Mora foi o vencedor da primeira corrida do dia. O piloto da Veloso teve um arranque forte e conseguiu passar o detentor da pole, Francisco Abreu. Os dois pilotos rodaram sempre muito juntos e com um andamento acima da concorrência.

Manuel Gião fechou o top 3,  e conseguiu capitalizar um excelente início de corrida, ficando depois sob pressão de Eduardo Leitão, que por sua vez não aguentou Faust Salom, que ainda tentou chegar ao 3º lugar sem sucesso.

Manuel Fernandes seguia em 6º lugar, à frente de Patrick Cunha e Edgar Florindo, mas foi penalizado com um drive through por irregularidade na colocação do carro no grid, o que atirou o piloto para o último lugar. Patrick Cunha passou Florindo já na parte final da corrida.

O Kia Cee´d que tinha sido a boa surpresa do dia de ontem, com um segundo lugar na qualificação não participou na corrida, com os problemas da nova máquina a não poderem ser reparados, acabando com o fim de semana da equipa.

Em TCR 2, João Sousa estreou-se no Leon Supercopa mas foi obrigado a desistir à nona volta.

 

Resultados da Corrida 1:

 

 

 

 

Corrida 2

Na largada, Francisco Mora manteve a liderança conquistada na qualificação de ontem, mas Francisco Abreu perdeu várias posições, enquanto Moura subia ao 2º lugar, fruto de um belo arranque, e ficava sob pressão de Lobato e Machado, com o piloto do Audi a levar a melhor sobre Moura e César Machado a cair para 5º. Seguiu-se um período de Safety Car  devido a um incidente entre Francisco Abreu e Nuno Batista, na curva 5.

Na saída do SC, Mora liderava, seguido de Lobato, Gustavo Moura, João Carvalho, César Machado, Ricardo Gomes e Rita Graça. O recomeço da corrida ficou marcado pela subida temporária de Moura ao 2º posto, relegando Lobato para o 3º lugar. No entanto Moura caiu na classificação (6º) e quem aproveitou foi Lobato, que regressou ao 2º posto. Moura começou a recuperar terreno e passou Ricardo Gomes, enquanto Mora alargava a sua vantagem para os adversários. As margens entre os pilotos foram aumentando e no final, as posição mantiveram-se inalteradas, com Mora a arrecadar mais uma vitória, tendo como companhia no pódio Rafael Lobato e João Carvalho.

Rita Graça entrou nas boxes perto do final, mas regressou à pista, acabando com muito tempo de atraso mas ainda assim finalizando a corrida, sempre um sinal positivo, nos inícios de projecto.

Resultados corrida 2

 

Mora foi o grande vencedor do fim de semana, com mais duas vitórias e sai com a confiança redobrada para a prova de Vila Real. Francisco Abreu ficou a zeros na segunda corrida e os homens da Speedy quererão rectificar os resultados destes fim de semana já na próxima jornada. João Carvalho tem motivos para estar satisfeito, assim como Manuel Gião e Rafael Lobato.

 

Fábio Mendes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s