CNVT – Francisco Mora: “A expectativa para a primeira prova é claramente, tentar ganhar”

Ao final do dia estivemos à conversa com Francisco Mora, detentor da pole para a corrida 1 de amanhã. O piloto fez o balanço do dia e deu-nos a sua opinião em relação ao seu futuro a curto prazo.

 

Em relação à qualificação, o piloto estava satisfeito com a prestação na primeira sessão, embora a segunda sessão não lhe tenha corrido de feição.

“A primeira qualificação correu bem mas na segunda tivemos um ligeiro problema com o carro, nada de especial e depois tive de levantar o pé. Com as bandeiras vermelhas já não deu para fazer o tempo que queria. No início do dia o set up não estava bem do meu agrado e resolvi também não correr riscos, pois nesta pista um toque pode sair caro e estragar o fim de semana, como tal adoptei uma abordagem mais cautelosa na primeira fase.”

 

Para amanhã o objectivo do piloto passa claramente por vencer a primeira corrida e tentar obter o melhor resultado possivel na segunda, sabendo que para isso terá de aproveitar os possíveis erros dos adversários.

“A expectativa para a primeira prova é claramente tentar ganhar. Saímos da frente por isso temos legitimas aspirações a isso. Para a segunda vamos ver como as coisas se desenrolam. Depende dos arranques dos adversários por isso há de vários factores a ter em conta para obter um bom resultado.”

Foto: Ricardo Fontelas/Chicane Motores

Quando questionado sobre o segredo do sucesso que tem tido até agora, Mora não quis particularizar nenhum aspecto e apontou uma série de factores que contribuem para as vitórias, desde o piloto até à equipa em que está inserido.

“Trabalhamos bem e temos uma base muito boa. Claro que estar inserido na Veloso é uma mais valia pois somos todos uma equipa e isso traz vantagens mas é uma conjugação de factores positivos que permitem que os bons resultados apareçam.”

 

Em relação ao futuro, o piloto vai tentar revalidar o titulo de campeão nacional e conquistar o TCR Ibérico, algo que está muito próximo de acontecer. Quanto a possíveis novos voos, Mora aponta o TCR alemão como um desejo, que para concretizar terá de reunir as condições para que tal aconteça

“Eu gostava de fazer  o TCR alemão mas é muito dispendioso. Houve contactos para ir já este ano mas a nível de budget é muito exigente e como tal, não se proporcionou. O campeonato parece-me mais interessante até que o TCR Internacional pela quantidade de pilotos em pista, o que se torna mais aliciante.  Para este ano o objectivo é claramente tentar revalidar o titulo. Se conseguir uma vitória em Vila Real o TCR Ibérico fica praticamente garantido, mas no nacional ainda faltam mais provas e teremos de lutar ainda mais. Eu gostava de dar o salto para fora e se for possivel seria óptimo. “

 

Agradecemos ao Francisco Mora a amabilidade em responder às nossas questões

 

Fotos: Ricardo Fontelas

Chicane Motores

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s