Estrada – Mini John Cooper Works Challenge

 Já aqui foi falado das versões mais desportivas da marca Mini, as versões John Cooper Works, que podem ser escolhidas em todos os modelos da gama, desde do Cooper até ao Countryman. Estas versões apelam a todos os nossos sentidos, para acelerar pela estrada fora, sentir cada curva e termos mais e melhor diversão ao volante. Mas se mesmo assim não for o suficiente, precisa de um pouco mais de emoção, prazer de condução ao volante de um Mini, não desespere, pois eles pensaram em si, e criaram a versão John Cooper Works Challenge.

Esta versão, à primeira vista, pode parecer igual ao modelo JCW normal, mas tem pequenas modificações que alteram por completo o feeling do carro. Não são alterações drásticas, como acontecia em outros modelos anteriores da Mini, em que até os bancos de trás desapareciam, entre outras coisas. Este modelo Challenge conta na mesma com os bancos atrás e com todos os itens e extras que um normal Mini Cooper oferece.

Este modelo Challenge conta é com um chassis mais baixo, mais “camber”, umas jantes mais leves de 17 polegadas da Team Dynamics, umas barras estabilizadoras mais grossas, uns pneus Michelin Pilot Sport Cup 2, os mesmos pneus que usa um Porsche 911 GT3 RS, uma suspensão ajustável da Nitron, com duas afinações predefinidas, mas que pode ser ajustada ao gosto do momento, um novo autoblocante da Quaife, uns travões da Brembo de 4 êmbolos e discos de 330mm, um modo Track e um fabuloso escape, que depois de ativado o modo Track num comando especifico e portátil, faz um som delicioso e começa a disparar as famosas “pipocas” sempre que se alivia o pé no acelerador.

A nível do motor não muda nada, continua a ser o mesmo da versão JCW normal, o 2.0 Twin Power Turbo de 231Cv com 320Nm de binário, com umas excelentes prestações de 246Km/h de velocidade máxima e com uma aceleração anunciada dos 0-100Km/h em 6,3s.

Segundo a revista Turbo, este Mini agarra-se bem a estrada, é muito neutro, muito fácil de controlar com o acelerador mas em estradas sinuosas e irregulares dá algum trabalho para aproveitarmos o potencial ao máximo. Mas se nos empenharmos e nos concentrarmos a sério, este carro dá-nos maravilhosos momentos de diversão e coloca-nos um enorme sorriso na cara.

Na minha opinião só tem um pequeno grande defeito, que é ser uma edição limitada e exclusivamente para ser vendida no Reino Unido. Mas pode ser que se a procura for muito grande, a Mini mude de ideias e possa aumentar a produção e alargar a venda a outros países, incluindo o nosso …

De resto têm tudo o que gostamos num pequeno carro desportivo, potência q.b., excelente dinâmica, bom som de escape, design muito bonito e proporciona-nos muita diversão ao volante, que é o mais importante acima de tudo num automóvel deste tipo.

Aconselho-vos a ver o vídeo, nem que seja para ouvir só o som do escape que é autêntica música para os nossos ouvidos ….

Fonte: Revista Turbo nº 426 (Março 2017) / Carfection / netcarshow.com

 

Flat Out. Boas Curvas

Fábio Guedes

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.