TCR Ibérico – Evolução sustentada para Ricardo Gomes

Ricardo Gomes estreia-se este ano nas pistas, participando no TCR Ibérico e TCR España ao volante de um SEAT Leon que partilha com Manuel Gião. O piloto de Braga, apesar de algumas contrariedades, faz um balanço positivo da sua primeira temporada de circuitos.

 

– Estamos a passar pela pausa estival e temos ainda uma prova do TCR Ibérico e TCR España para terminar a época. Que balanço fazes até agora da tua temporada?
Ricardo Gomes: “Faço um balanço bastante positivo! É um mundo novo para mim, muito diferente daquele a que estava habituado no Campeonato Nacional de Montanha! O estilo de pilotagem diverge bastante, tendo que estar mais próximo do limite e da perfeição, ao passo que nas rampas lidamos mais com o inesperado. Para além disso, temos carros à nossa volta, coisa que não acontece na Montanha. Penso que tenho vindo a realizar uma evolução gradual e a ajuda do Manuel e da equipa tem sido muito importante.”

 

– Qual foi o momento mais baixo da temporada?
Ricardo Gomes: “Vila Real não nos correu bem! Tivemos algumas dificuldades com as afinações e, depois, na corrida, uma passagem por um corrector danificou o radiador e tivemos que abandonar, impedindo-nos ainda de alinhar na segunda prova. Foi desapontante, mas as corridas podem ser muito duras e desta vez fomos nós os castigados.

Ainda assim, pudemos fortalecer o espírito de equipa e sentir que estávamos todos a trabalhar no mesmo sentido.”

– Qual foi o momento mais alto da temporada?
Ricardo Gomes: “A prova do Algarve foi, sem dúvida o nosso melhor fim-de-semana. Fomos desenvolvendo a afinação do SEAT Leon TCR e, quando chegámos à corrida, estávamos já num bom nível. Era um circuito que eu desconhecia completamente e muito exigente, mas consegui adaptar-me progressivamente e terminar no sexto posto. O Manuel assegurou o primeiro pódio da equipa, o que demonstra o bom trabalho desenvolvido ao longo de todo o evento.”

– Qual será o resultado na prova de Barcelona que te permitirá terminar a temporada com um balanço positivo?
Ricardo Gomes: “Esta era uma época de novidades. A pistas eram uma estreia para a mim e a Vettra Racing também entrou pela primeira vez no mundo dos TCR, ao passo que as restantes equipas tinham já um ano de experiência. Foi uma época de desenvolvimento a inúmeros níveis e penso que temos vindo a caminhar no sentido certo. Acredito que o mais importante para nós é terminarmos a temporada com um resultado que seja uma evolução face ao que já demonstrámos em 2017.”

 

Press Info

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.