ETCC – Mota lutou e ficou perto do pódio

Fábio Mota conquistou um quarto lugar na ronda de Zolder da Taça Europeia FIA de Carros de Turismo – ETCC, depois de ter lutado de forma aguerrida em ambas as corridas pelos lugares pelo pódio.

 

O português assegurou o terceiro lugar na grelha de partida na qualificação de ontem, o que lhe abria boas perspectivas para as provas de hoje, contudo, sabia que, para alcançar o pódio, teria que se bater com fortes oponentes.

No arranque para a primeira corrida, Fábio Mota perdeu uma posição, mas manteve-se numa acirrada luta pelos três primeiros lugares, tendo mesmo sido obrigado a uma saída de pista que o atrasou. Ainda assim, o piloto de Vila Nova de Gaia não baixou os braços e conseguiu recuperar até ao quarto posto final.

Para a segunda prova da etapa belga da competição que se assume como a antecâmara do Campeonato do Mundo FIA de Carros de Turismo – WTCC Fábio Mota alinhou no quinto posto da grelha de partida e, uma vez mais, envolveu-se na luta pelos lugares do pódio.

No entanto, no calor da luta, acabou por ter que sair de pista, o que o atrasou definitivamente, vendo a bandeirada de xadrez na nona posição.

“Na primeira corrida, estava na luta pelo terceiro posto, mas por estar muito perto do carro que seguia à muito frente, os travões sobreaqueceram e, numa travagem, não consegui reduzir a velocidade, acabando por sair de pista. Ainda assim, terminei no quarto posto. Na segunda, um desentendimento com um outro piloto condicionou toda a minha prestação, quando tínhamos claramente ritmo para terminar, pelo menos, no terceiro lugar”, frisou o português.

 

No cômputo geral da quinta ronda da temporada, Fábio Mota sublinha o ritmo que evidenciou ao longo de todo o fim-de-semana. “Não conhecia o traçado de Zolder e é evidente que tive que passar por um processo de adaptação. Penso que me adaptei bem e mostrei ao longo de todo o evento um ritmo que me permitia lutar pelas posições no pódio. Acabámos com o quarto lugar como melhor resultado, o que é positivo, e sabemos que temos ainda capacidade para evoluir. Agora vamos pensar na próxima etapa da temporada”, sublinhou o piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Turas, Plastoform, Wetor, Glassdrive, NSS e RM Tech.

A próxima ronda da Taça Europeia FIA de Carros de Turismo disputa-se nos próximos dias 6 a 8 de Outubro, tendo como palco o circuito checo de Most.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.