Estrada – Mustang(s) ainda mais adaptados à Europa

Depois da tão aguardada chegada à Europa há pouco mais de dois anos, o Ford Mustang recebeu agora um “facelift” que foi apresentado no Salão de Frankfurt na semana passada. Graças à nova política de vendas da Ford Motor Company, que começou a vender todos os seus automóveis em todos os países do Mundo, o Mustang chegou à Europa onde agora já pode ser comprado num qualquer stand da marca. E graças a isso as vendas em toda a Europa deste famoso “pony car” foram um sucesso. A procura tem sido tanta por estes novos Ford Mustang, que surpreendeu até os responsáveis pela marca americana.

Apesar de as vendas continuarem altas, a Ford decidiu retocar já o seu Mustang a nível dos exteriores e dos interiores, disponibilizar mais dotação de equipamentos e retocar os motores, para poderem estar de acordo com as novas leis das emissões.

Começando pelos os exteriores, a frente está agora mais baixa recebendo um novo para-choques e uns novos faróis LED de série. Na parte traseira as alterações são apenas um novo para-choques e um difusor com um novo formato.

Já nos interiores, o Mustang recebeu materiais mais agradáveis ao toque na consola central e nas portas, materiais esses que são uma mais valia, pois os clientes europeus apreciam muito mais o bem estar a bordo, do que os clientes americanos. O velocímetro passa a ser digital e em opção pode-se agora escolher um ecrã de 12″ para o sistema de info-entretinimento.

A nível de equipamentos esta nova versão do Ford Mustang recebe agora o cruise control adaptativo, um alerta de saída de faixa e um sistema de assistência de permanência de faixa. Como opção pode-se escolher o MagneRide Damping System, que permite regular o grau de firmeza da suspensão através de vários modos. O famoso sistema Line Lock, que permite fazer “burnouts” sem sair do sítio para aquecer os pneus, para por exemplo fazer uma drag race, está agora disponível de série também no 2.3 EcoBoost, antes era de série só no 5.0 V8.

A nível da suspensão, a marca anunciou uma revisão para dotar o Mustang de mais estabilidade nas curvas e reduzir o adornar da carroçaria. Pode-se escolher também em opção um escape com um som mais desportivo e que trás consigo uma opção de desligar o som quando se arranca, para por exemplo não acordar os vizinhos mais rabugentos de manhã cedo ou à noite.

No capítulo dos motores foi onde a Ford mexeu mais e essas modificações podem não agradar a toda a gente, mas devido às novas leis das emissões, foi uma mudança obrigatória. Os motores disponíveis continuam os mesmos, ou seja há o 2.3L de cilindrada EcoBoost de quatro cilindros, o mais vendido em toda a Europa e o V8 de 5.0 litros de cilindrada.

O motor 2.3L EcoBoost viu a potência descer dos 317 cv para os 290 cv de potência. E a razão para a perda de tão preciosos cavalos americanos, foi a necessidade de cumprir as mais recentes normas de emissões Euro 6.2. A Ford teve que acrescentar um filtro de partículas e o aumento da contrapressão no sistema de escape justificam essa perda de potência. Mas quem já está chateado por ter lido esta parte, relaxe pois a Ford garante que apesar dos 27 cv perdidos os níveis de performance mantém-se iguais. 

“Como?!” perguntam vocês, mas eu esclareço já. A Ford garante que este motor ao receber uma função overboost e uma nova caixa  automática de 10 velocidades, comandada por patilhas no volante, a aceleração fica ao mesmo nível do anterior motor mas com caixa manual.

Já o motor 5.0L V8 viu a potência ser aumentada de 420 cv para 450 cv de potência. O aumento de potência é justificado pela adoção de uma nova evolução do propulsor, que pode agora atingir um patamar de rotações mais elevado e passa a ter injecção direta e indireta, permitindo assim uma melhor resposta do motor em baixos regimes de rotação.

Os dois motores podem ser equipados com uma caixa manual de 6 velocidades ou com a nova caixa automática de 10 velocidades. O Ford Mustang com este “facelift” chegará ao mercado no segundo trimestre de 2018.

 

Fonte: Razão Automóvel / Carfection

Flat Out. Boas Curvas

Fábio Guedes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.