Estrada – B(oombastic)MW M5

Para este artigo lembrei-me de uma música, já com alguns anos, apelidada de “Boombastic”, cantada pelo o Shaggy, que se adequada perfeitamente ao carro que vos hoje falo. Sim acreditem, o novo BMW M5 é mesmo bombástico ….

Esta nova geração da berlina da marca bávara apelidada de F90, recebe pela primeira vez na sua história uma tração integral, que antes só estava disponível para os SUV X5M e X6M. Mas acreditem que não perdeu a brutalidade e consegue derreter os pneus traseiros num piscar de olhos.

A M criou esta nova tração integral, a M xDrive, que permite escolher entre três modos (4WD, 4WD Sport e 2WD). No modo 4WD temos a tração integral normal para uma viagem em segurança numa estrada com pouca aderência, em dias de muita chuva ou até com neve e gelo. No modo 4WD Sport, a tração integral começa a permitir um escorregar de traseira à entrada para as curvas, mas de forma controlada e que não assusta quem esteja a conduzir. Já no modo 2WD, este BMW M5 transforma-se num puro tração traseira, onde podemos fazer enormes nuvens de fumo, derreter literalmente os pneus traseiros e sentirmo-nos um “Drift King” por momentos.

Segundo Frank van Meel, diretor da Divisão M: “Graças ao M xDrive, o novo BMW M5 oferece verdadeiras características de condução como um tração traseira, assim como estabilidade direccional e controlo significativamente melhorados até ao limite da performance, mesmo quando conduzido em condições adversas como chuva ou neve.”

Este novo BMW M5 beneficia do recurso à plataforma “CLAR”, que é mais rígida e mais leve que a plataforma do anterior modelo. Na frente, temos um esquema de duplos triângulos sobrepostos e atrás um esquema Multilink com cinco pontos de apoio. Estes componentes únicos na suspensão traseira, juntam-se aos reforços adicionais e aos suportes transversais em alumínio, que aumentam assim a rigidez das ligações da suspensão, para poder aguentar o aumento da potência e do binário. Estas modificações fizeram aumentar a distância entre eixos em sete milímetros.

Esta nova geração do M5 emagreceu 15 kg em relação à sua anterior geração, pesando uns “gordinhos” 1930 kg. Tudo graças à nova plataforma “CLAR”, ao novo capot em alumínio, ao teto ser em plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP) e a um escape desportivo mais leve que o normal. Se escolher os opcionais discos em carbono-cerâmica em vez dos normais, o peso desce mais 23 kg.

Falando agora do motor, este novo BMW M5 conta com um motor V8 de 4.4L de cilindrada, com uns enormes e brutais 600 cv de potência entre as 5.600 rpm e as 6.700 rpm e com 750 Nm de binário disponíveis logo desde das 1.800 rpm até as 5.600 rpm, para arranques fulgurantes. Devido ao uso da nova tração, esta geração da berlina super desportiva da BMW, utiliza apenas uma normal caixa automática de velocidades, a M Steptronic de 8 velocidades, em vez da antiga caixa automática de dupla embraiagem, para não ficar ainda mais pesado.

Segundo a marca bávara, o novo M5 faz a medição dos 0-100 km/h em apenas 3,4 segundos e os 0-200 km/h em 11,1 segundos. Tem uma velocidade máxima limitada eletronicamente aos 250 km/h mas se escolher o opcional M Driver Package, que aconselho vivamente a escolher, a velocidade sobe até aos 305 km/h (mesmo assim acredito que podia ser bem mais elevada). Segundo os dados oficiais, as emissões de CO2 são de 241 g/km e o consumo fica na casa dos 10,5L/100km (claro que já sabemos que será mais certo andar na casa dos 20L ou mais, especialmente se andarmos “ao ataque”).

No seu segmento, este M5 irá ter como principal concorrente o outro alemão, o Mercedes-AMG E63 S 4Matic+, que conta com um motor 4.0L de cilindrada biturbo com 612 cv de potência e 850 Nm de binário, acompanhado também de uma tração integral, que funciona mais ou menos como a do M5. Apesar de ter mais 12 cv e 100 Nm, a marca de Estugarda anuncia os mesmo 3,4 segundos que o M5 para fazer os 0-100 km/h.

Se quiser encomendar este novo BMW M5 com um design de linhas agressivas e os típicos apêndices desportivos da M, já o pode fazer a partir de agora e será entregue a partir da primavera do próximo ano. Não ficará mal servido acredite, disso não tenho dúvidas, este novo M5 tanto pode ser um “cordeirinho” a andar sobre carris, ou um “lobo mau” que anda de lado a derreter pneu. Lá está, é bombástico, é fantástico ….

 

 

Fonte: Razão Automóvel / BMW Portugal / BMW M / Youcar

Flat Out. Boas Curvas

Fábio Guedes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.