CTCC – Ávila “entre muros” em Wuhan

Rodolfo Ávila regressa este fim-de-semana ao volante do VW Lamando GTS para a penúltima jornada dupla da temporada do Campeonato da China de Carros de Turismo (CTCC) que se disputa num circuito citadino propositadamente edificado para o evento na cidade de Wuhan, província de Hubei.

Mais uma vez esta temporada, Ávila enfrenta um cenário desconhecido, com a particularidade deste também o ser para os seus adversários, colocando todos os pilotos no mesmo pé de igualdade quando as duas dezenas de viaturas saírem para a pista para a primeira sessão de treinos na sexta-feira.

“Prevejo que seja um fim-de-semana muito duro, mas os objectivos e desafios são iguais aos das provas anteriores. A prioridade é ajudar a equipa na conquista do Campeonato de Construtores e para isso é preciso somar o maior número de pontos possível, mesmo que isso signifique abdicar de arriscar um resultado melhor”, diz o piloto português de Macau que ocupa o quarto posto no Campeonato de Pilotos quando ainda faltam realizar duas provas (quatro corridas).

Para além das características habituais dos circuitos citadinos, este traçado de 14 curvas tem a particularidade de ter uma longa esquerda, que circunscreve o Centro Desportivo de Wuhan e que termina com uma chicane, à qual se junta uma recta da meta de 500 metros de comprimento, pouco comum em circuitos de rua.

Tendo sido posto à prova no Circuito da Guia desde os primeiros passos no automobilismo, Ávila competiu ao longo dos seus quinze anos de carreira em alguns dos mais reputados circuitos de cidade a nível mundial, como Marina Bay (Singapura), Boavista (Portugal) ou Pau (França). Contudo, o circuito de Wuhan avizinha-se como um desafio bastante diferente, apesar dos princípios básicos serem os mesmos.

“Qualquer erro num circuito citadino paga-se muito caro”, realça o piloto da equipa oficial do construtor SAIC Volkswagen, que acrescenta: “Obviamente que a minha experiência neste tipo de traçados, como a do ‘nosso’ Circuito da Guia ajudará, mas esta é uma pista com características bastante diferentes. Será muito importante saber gerir o desgaste dos pneus, até porque a curva 9 irá colocar um esforço suplementar nos pneus do lado direito.”

Este evento terá um formato diferente do habitual, arrancando na sexta-feira, dia 10 de Novembro, com duas sessões de treinos-livres, que desta vez serão precedidas por uma sessão de testes de 20 minutos. A qualificação e a primeira corrida de 19 voltas decorrem no sábado, 11 de Novembro, enquanto a segunda corrida está agendada para domingo, 12 de Novembro.

 

Press Info

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.