Era assim que o RS5 devia vir de fábrica!!

A Audi Sport lançou no fim do ano passado a nova geração do seu coupé desportivo, o Audi RS5, mas desiludiu muitos dos fãs. A marca abandonou o potente motor V8 turbo de 4.2L de cilindrada, em nome da eficiência nos consumos e nas emissões, e trocou-o por o novo 2.9L V6 bi-turbo, com a potência a ficar na mesma nos 450 cv.

Mas não foi isso que desiludiu mais os adeptos da marca, foi antes o RS5 ter ficado demasiado… “dócil”. O seu design não apela muito à emoção por ter um ar soft e algo circunspecto, algo que não faz jus à sigla RS e quem o conduziu, garante que lhe falta um puxar feroz, como se gosta num bom desportivo. A Audi fez um bom carro mas castrado demais e muito fácil de conduzir.  Em comparação, um C63 S ou um M3 CP são muito mais ferozes e dão aquela adrenalina de desportivo que tanto gostamos de sentir num automóvel.

Mas como sempre, a preparadora alemã ABT, dá sempre um toque de Midas que melhora e muito todos os modelos do grupo VW, quer no exterior, quer no interior e nas sensações ao volante. Foi também o caso do Audi RS5. A ABT vai levar ao próximo Salão Internacional de Genebra em março, o Audi RS5-R, que estará disponível numa edição limitada de apenas 50 unidades.

A preparadora puxou a potência do motor dos originais 450 cv e 600 Nm, para uns bem mais interessantes 530 cv e 690 Nm. Assim as novas prestações passam a ser de 3,6 segundos para cumprir os 0-100 km/h e a velocidade máxima passa os 300 km/h sem dramas nenhuns. Para um melhor curvar em estrada ou circuito, a ABT instalou uma nova suspensão da KW desenvolvida em específico para este modelo.

No exterior este RS5-R levou tudo aquilo que precisava para ficar com um ar agressivo e que o modelo original não traz. A cor da carroçaria passou a ser um verde “à lá Hulk”, a grelha dianteira passa a ser negra com aplicações em carbono, perdendo os cromados. Adiciona também um para-choques dianteiro com um “lip” maior, um novo difusor traseiro, umas novas jantes de 21″, umas novas saias laterais e novas saídas de escape.

No interior este novo modelo segue a linha das restantes criações da preparadora, ou seja, os bancos desportivos em alcântara e pele, contam com um novo padrão de costuras, um tablier forrado a alcântara, com muitas aplicações em carbono, símbolos da ABT por todo o habitáculo e umas novas e maiores patilhas da caixa de velocidades detrás do volante.

 

Fonte: ABT Sportsline
Foto Capa: Audi World
 Flat Out. Boas Curvas

Fábio Guedes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.