Breves F1

Alexander Rossi substitui Merhi em 5 GP´s

motor_rossi3Alexander Rossi assinou contrato com a Manor para pilotar o monolugar da equipa até ao final da época. O acordo entre a equipa e o americano, foi oficializado por John Booth, team principal da Manor.

Como Rossi para além de ter compromissos com patrocinadores no GP2, o piloto discute o título da série com Vandoorne e terá que faltar aos GP da Rússia e de Abu Dhabi, ficando Roberto Merhi com a tarefa de defender as cores da equipa nesses fins de semana.

Rossi afirmou que se sente lisonjeado com o acordo alcançado, que vinha a ser aprumado desde os tempos da Marussia em 2014. Nas palavras do piloto, “é uma equipa pequena de F1, que tem passado por muito. Eles são um exemplo de paixão e força de carácter e o regresso esta época é extraordinário. Estou honrado por fazer parte do seu legado e do seu constante crescimento e sucesso.”

Para a equipa, é a oportunidade de mostrar mais um bom talento que tem vindo a fazer uma carreira bonita e em termos de publicidade é excelente. Numa altura que o Grande Circo vai partir para o continente americano para 3 corridas, EUA, México e Brasil, pode a equipa vir a lucrar com os interesses americanos.

Alexander Rossi tem 23 anos, nasceu na Califórnia e já competiu na Fórmula BMW, no GP3, no WSR e na Fórmula Master. O piloto já tem experiência na F1, tendo sido piloto de testes da Caterham e da BMW eo 2009. Actualmente é 2º classificado no GP2.

Pedro Piquet, campeão da F3 Brasil, vem para a Europa em 2016

Foto: Duda Bairros/Vicar
Foto: Duda Bairros/Vicar

Em entrevista concedida ao site motorsport.com, o novo campeão de F3 brasileira e filho do antigo campeão de F1 Nélson Piquet, afirmou estar a negociar com uma equipa “boa” da série europeia.

Pedro sagrou-se campeão brasileiro no último fim de semana e pensa já em fazer grandes coisas na Europa: “Estamos treinando bastante desde o ano passado. Lá é uma categoria que, se formos bem, podemos ganhar em qualquer lugar.” Mas só depois de terminar a escola americana, segundo o acordo com o pai!

O novo Piquet campeão, tem 17 anos e já competiu na Toyota Racing Series, na Nova Zelândia, mas a federação brasileira num imbróglio estranho, caçou a licença do piloto que depois veio a recupera-la. O piloto prepara-se para ingressar num novo patamar da sua carreira, que tem como objectivo chegar à F1. Segundo o piloto, o World Series by Renault é melhor para andar sempre no limite, conforme o seu gosto, mas para chegar à F1, terá de passar pelo GP2, onde aprenderá a poupar os pneus Pirelli, sendo mais parecido com o que acontece na categoria rainha.

Kevin Magnussen fracturou a mão esquerda

foto: Twitter/@KevinMagnussen
Twitter/KevinMagnussen

Num acidente durante o treino, o piloto reserva da McLaren caiu da bicicleta e partiu a mão esquerda. Magnussen que espera ser opção para para o line up da equipa em 2016, não estará presente em Singapura este próximo fim de semana.

Oficialmente a McLaren não terá mais nenhum piloto de reserva durante o GP de Singapura, mas Stoffel Vandoorne estará no GP (não vá o diabo tecê-las) em compromisso com uma cadeia de televisão belga.

Kevin Magnussen ainda brincou com o sucedido no Twitter: “Parti a minha mão depois de cair da minha bicicleta. É melhor manter-me nas quatro rodas.”

 

Pedro Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.